BLOG

04/02/2020 - Recrutadores

Qual melhor tipo de recrutamento?

Conheça os tipos de recrutamento, suas vantagens e desvantagens.

A formação de uma equipe boa e diversa é fundamental para que as demandas de uma empresa sejam entregues com êxito. E, para reunir bons profissionais, uma atuação assertiva do recrutamento e seleção é imprescindível.

Independentemente da modalidade do recrutamento, o processo deverá ter como objetivo identificar o candidato que mais se enquadra no perfil da oportunidade tanto em habilidades técnicas quanto em suas características comportamentais.

Para identificar qual tipo de recrutamento mais adequado para sua vaga, o time da Avance Authent apresenta abaixo como se aplica o recrutamento interno, externo e até mesmo o misto, levantando vantagens e desvantagens de cada um dos modelos.

 

– O que é o recrutamento interno?

O recrutamento interno é aquele feito com os colaboradores que atuam na empresa, desde que preencham alguns requisitos da vaga.

Muitas vezes, ao surgir uma nova oportunidade na equipe, o gestor enxerga dentro de seu próprio time, uma ou mais pessoas que tenham habilidades para ocupá-la. O que faz do processo seletivo interno eficaz e muito mais rápido.

Abaixo, outras vantagens e algumas desvantagens dessa prática.

 

Pontos positivos x pontos negativos do recrutamento interno

Dentre os pontos positivos, além da agilidade do processo, estão:

– Maior facilidade de adaptação e integração, já que o colaborador já atua na empresa (talvez até mesmo na área em questão);
– Economia financeira durante o processo de recrutamento e seleção;
– Certeza da aderência à cultura da empresa;
– Motivação e engajamento dos colaboradores, já que a equipe enxerga a oportunidade de ser reconhecida e buscar maior desenvolvimento profissional na própria empresa.

Mas, como nenhuma escolha traz somente o lado bom, o recrutamento interno também pode ter suas desvantagens. Tais quais:

– Possível queda de produção, frustração e falta de motivação dos profissionais não aprovados;
– Perda de talentos, já que o colaborador pode não se adaptar à novo função;
– Conflitos dentro da equipe pela disputa da nova posição;
– Pouca diversidade e falta de novas ideias na equipe;
– Número menor de candidatos do que em um processo externo.

 

– O que é o recrutamento externo?

Trata-se do processo seletivo padrão adotado pelas empresas, onde se busca no mercado um novo talento para compor o time e preencher a vaga aberta.

Como já falamos por aqui, existem alguns cuidados para tornar o recrutamento externo mais eficiente, garantindo assertividade na contratação.

No entanto, apesar de mais detalhado, esse tipo de seleção também tem suas vantagens.

 

Pontos positivos x pontos negativos do recrutamento externo

Pesando a favor do recrutamento externo, temos:

– Interação da organização com o mercado de trabalho;
– Aumento do capital intelectual e da diversidade de ideias na equipe;
– Maior quantidade de candidatos e, logo, maior o número de opções;
– Criação de um banco de dados para oportunidades futuras.

Já quando falamos em suas desvantagens, além do já citado “trabalho mais minucioso” do RH, temos:

– Redução da motivação e fidelidade da equipe, por não enxergar oportunidades de crescimento, caso se achem aptos para a vaga em questão;
– Maior período de adaptação e integração do recém-contratado;
– Maior tempo empregado durante o processo;
– Possível alteração na política salarial da empresa.

 

– O que é o recrutamento misto?

No formato misto, tantos os colaboradores da empresa quanto candidatos de fora concorrem de igual para igual à vaga.

O processo pode ser conduzido de forma concomitante, ou seja, com todos os profissionais sendo avaliados no mesmo período. Ou ainda ser feito em duas etapas, só sendo aberta a seleção externa nos casos onde não haja aderência de nenhum colaborador durante o processo seletivo interno.

 

Pontos positivos x pontos negativos

A vantagem aqui é que você pode ampliar a gama de profissionais a serem avaliados, sem prioridades ou preferências, escolhendo realmente o candidato mais competente para tal função.

A desvantagem, assim como no caso de recrutamentos externos, é que, a depender do resultado, alguns colaboradores podem acabar se sentindo injustiçados.

 

Como foi possível notar, cada tipo de recrutamento tem suas vantagens e desvantagens, por isso, para definir qual deles utilizar, é preciso avaliar caso a caso cada oportunidade aberta na empresa.

Se a ideia é ampliar a equipe ou agregar novos perfis e especialidades, a recomendação é que seja feito um recrutamento externo, que também é válido para incorporar ao time estagiários ou jovens aprendizes.

Agora, se você tem uma equipe especializada e enxerga em diferentes profissionais a expertise para preencher a nova vaga de coordenação ou gerência, por exemplo, essa é uma oportunidade de adotar o recrutamento interno e proporcionar uma promoção a um dos colaboradores.

Vai optar por um recrutamento externo ou misto? Conte com a experiência de mais de 25 anos da Avance para selecionar os melhores talentos do mercado.

Post relacionados

31/03/2020 - Recrutadores

As redes sociais se popularizaram. Existe uma para quase todo tipo de assunto. Para o mundo dos negócios, não é diferente.

24/03/2020 - Recrutadores

Antes de mais nada, tente entender o porquê de tantas faltas. É um problema de comportamento do funcionário ou uma questão interna da empresa?

17/03/2020 - Recrutadores

Trabalho bem sucedido, metas alcançadas, ótimos resultados. Bem que o sucesso poderia chegar no salário também, não é?

Rua Estela, 515 · Bloco E · 17º andar Cj. 171 e 172
Vila Mariana - CEP: 04011-002 · São Paulo/SP

+55 11 5906-7500

+55 11 3262-5562