BLOG

19/11/2019 - Serviços

O Web Summit pelos olhos dos profissionais da Avance Authent

A perspectiva dos profissionais da Avance Authent sobre o Web Summit 2019, uma das maiores conferências mundiais sobre tecnologia.

O Web Summit acontece, anualmente, no mês de novembro – durante 4 dias, desde 2016 na cidade de Lisboa, em Portugal. E assim será até 2028.

Com 24 palcos simultâneos, o evento deste ano reuniu os principais profissionais do ecossistema de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo. Os números são surpreendentes: mais de 70 mil participantes de 63 países, 2.500 jornalistas, 1.200 palestrantes e 11.000 CEOs.

Entre os oradores desta edição do Web Summit, esteve Margrethe Vestager, dinamarquesa, Comissária Europeia da Concorrência, líder dos principais embates sobre regulação das grandes empresas de tecnologia, e o maior pesadelo das gigantes tecnológicas pelas multas que lhes têm aplicado nos últimos anos.

Em sua apresentação, Margrethe afirmou “Os nossos valores são muito simples. Quem tem sucesso no mercado deve ser porque tem o melhor produto e porque agrada aos seus clientes. Não por ir por atalhos, ter perdões fiscais ou por não informar às autoridades sobre como as coisas são realmente”.

Para ela, a tecnologia sempre mudará, mas os valores da humanidade não. Com base nessa premissa, a palestrante ainda defendeu um “acordo global” de taxação das gigantes tecnológicas, pediu a Mark Zuckerberg que focasse mais nas ações e menos nas palavras, e salientou que “a Libra [moeda digital que o Facebook quer lançar] não escapa à reflexão da Comissão Europeia só porque ainda não existe, já que há “poder para investigar coisas que ainda estão a ser desenvolvidas”.

Outro nome de peso do Web Summit 2019 foi Edward Snowden, que participou no primeiro dia, através de uma transmissão via satélite direto da Rússia. Ex-analista informático, Snowden denunciou o caso de vigilância internacional por parte da agência norte-americana NSA, e contou sua opinião sobre a coleta, uso e privacidade de dados.

Em geral, durante o evento, falou-se muito sobre o Brexit. As empresas tecnológicas estão preocupadas com seus efeitos e, por isso, Michel Barnier, negociador chefe do Brexit por parte da União Europeia, e Tony Blair, ex-primeiro-ministro do Reino Unido, compartilharam suas visões sobre o tema.

Mas o Web Summit não se faz só de opiniões políticas, entre os mais de 1.500 oradores convidados, estiveram presentes também nomes ligados ao esporte, como os ex-jogadores de futebol Eric Cantona, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo.

No evento, não houve um tema único que se destacasse. Os debates foram mais politizados, sobretudo no palco central. A taxação das empresas tecnológicas, a privacidade e a cibersegurança, os riscos da inteligência artificial e dos robots estiveram em destaque, com propósitos que tentam resolver os desafios da humanidade através da tecnologia.

Tecnologias e novos empreendimentos: discussões no Web Summit além da política

Empreendedores e investidores procuraram negócios e oportunidades ligados à inovação e tecnologia. Para as startups, o Web Summit foi um excelente momento para encontrar o investidor à medida e fazer bons negócios.

Em relação à área de RH, conhecemos algumas startups com inovações tecnológicas e muito avançadas, principalmente no que diz respeito à otimização de tempo e produtividade.

Teve muito conteúdo sobre 5G, privacidade da informação, inteligência artificial e criatividade, e também sobre como será o mundo nos próximos anos. O ponto em comum em diversas falas durante o Web Summit refletiu a importância do compartilhamento de conhecimento e o cuidado que se deve ter com as informações que chegam até você, além da concordância sobre a necessidade de as empresas agregarem valor para a sociedade – como corporações socialmente responsáveis – e não pensarem apenas no lucro financeiro.

No último dia do Web Summit 2019, foram discutidos o que os perigos da utilização de smartphones representam para a saúde mental. Ansiedade, depressão, vício. Que mundo é este em que vivemos agarrados a um display, dependentes do e-mail, redes sociais, notificações, notícias e dos alertas de todo o tipo?

A discutir o vício da tecnologia, estiveram Justin McLeod, fundador e CEO do aplicativo de encontros Hinge, e Dame Til Wykes, professora de Psicologia Clínica e Reabilitação no Kings College. “Acho que não há muita diferença entre dependência química e dependência tecnológica: o cérebro não distingue isso”, disse Justin. Wykes discordou e fez a pergunta: as pessoas ficam mais ansiosas e deprimidas por causa da tecnologia? Ou recorrem à tecnologia porque estão ansiosas ou deprimidas? Finalizou.

Além de palestras de grandes empresas como Microsoft, Google, Amazon, Burguer King, Wikipedia, alguns brasileiros também brilharam pelo Web Summit deste ano, trazendo cases de sucesso como caso do IFood, que contou sobre sucesso da foodtech e como a inteligência artificial é um balanço contínuo, prevendo melhores entregas, tempo de atendimento, sugestão de comida – além da integração com Alexa, onde os usuários podem fazer seu pedido em português com robôs autônomos para apoiar a entrega em shopping em SP.

Para finalizar, Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente de Portugal, subiu ao palco central e afirmou que Lisboa e Portugal estão no centro de uma revolução digital. “Antecipamos aqui muitas das mudanças”. E ainda acrescentou, “em 2016, falei de uma revolução silenciosa. Mas já não é uma revolução silenciosa e, sim, uma revolução barulhenta, com a mente aberta”, afirmou. “Portugal mudou com o Web Summit e o mundo mudou com o Web Summit”, garantiu o Presidente da República, referindo que não tem medo de endereçar os assuntos, democraticamente, sendo muito aplaudido pelos presentes.

Web Summit sob a ótica Avance Authent

Dentro da Avance, a impressão sobre o Web Summit 2019 foi a melhor possível. Conhecemos e aprendemos com as principais startups do mundo, sobre as tecnologias de ponta, tendências de inovação e foco nas pessoas. Mas é preciso se organizar, pois as palestras são muito rápidas, todas de 20 minutos ou menos, por isso, é muito importante verificar quais são os temas que mais lhe interessam, a fim de acompanhar e se programar.

Fomos surpreendidos pelo ecossistema de inovação que se instalou por Portugal, principalmente na cidade de Lisboa. É notória a evolução do país, seus investimentos em startups e tecnologias em geral.

Intenso, é a primeira palavra que veio em nossa cabeça quando colocamos os pés no Web Summit 2019, o primeiro que participamos. Foi uma experiência incrível, principalmente pela oportunidade de conhecer pessoas de diferentes países, com trajetórias singulares e que contribuem com soluções e com o debate a respeito da Revolução Tecnológica que estamos vivendo atualmente.

O futuro já é uma realidade, está sendo construído por milhares de mãos. E que as nossas possam estar lá também!

Post relacionados

10/12/2019 - Candidatos

Saiba como organizar a rotina para dar conta de todas as atividades deste fim de ano.

03/12/2019 - Candidatos

Confraternizações são extensões da empresa. Saiba o que não fazer na festa desse ano.

26/11/2019 - Candidatos

Saiba como tirar proveito dos feedbacks recebidos, tornando-se um profissional cada vez melhor.

Rua Estela, 515 · Bloco E · 17º andar Cj. 171 e 172
Vila Mariana - CEP: 04011-002 · São Paulo/SP

+55 11 5906-7500

+55 11 3262-5562