BLOG

22/09/2020 - Candidatos

A maternidade e o mercado de trabalho

Apesar de representarem 52% da força de trabalho, para as mulheres, é um desafio conciliar trabalho e maternidade. Quando termina a licença-maternidade, elas precisam se desdobrar entre a criação do filho e a rotina de trabalho. E, aquelas que não estavam empregadas, por mais que tenham uma rede de apoio, ainda enfrentam dificuldades quando desejam se recolocar profissionalmente.

 

Segundo o IBGE, em pesquisa realizada em 2018, a diferença salarial entre homens e mulheres é grande: elas ganham quase 30% menos do que eles e ocupam menos da metade dos postos de Diretoria e Alta gerência. Uma mulher sem filhos recebia em média R$ 2.115,39, enquanto o salário das mães era 25% menor, ou seja, R$ 1.560,50. Já os homens sentiam uma redução de apenas 11% quando se tornavam pais.

A maternidade no mercado de trabalho

O impacto da maternidade no mercado de trabalho está relacionado ao problema da divisão dos cuidados com os filhos. A pesquisa “Aspectos dos cuidados das crianças com menos de 4 anos de idade” aponta que apenas 42% das mulheres responsáveis por cuidar de crianças pequenas estavam empregadas, enquanto 89% dos homens mantiveram seus empregos normalmente.

A licença-maternidade consegue garantir a estabilidade no emprego por apenas um período curto. Segundo pesquisa da FGV, a probabilidade de a mãe perder o emprego se inicia imediatamente após o período de proteção garantido por lei. Depois de 24 meses, quase metade das mulheres estão fora do mercado, a maior parte dispensada sem justa causa e por iniciativa do empregador.

 

AS HABILIDADES DA MÃE TRABALHADORA

Ter filhos não é fator de impedimento para uma mulher trabalhar. Por isso, as mães podem continuar sendo excelentes funcionárias. Listamos algumas habilidades necessárias para isso:

1) Foco e menos procrastinação. As mães precisam gerenciar bem o tempo, pois sabem que há crianças em casa esperando-as.

Focadas, elas têm uma ótima capacidade de organização e não costumam se envolver em assuntos que possam prejudicá-las. Seu objetivo é assegurar o conforto dos filhos, tornando-as trabalhadoras dedicadas, que respeitam o prazo e querem ser bem avaliadas por seus empregadores.

2) Responsabilidade. Vivenciar a maternidade é passar por um processo intenso de amadurecimento emocional. Como as mães sabem que são constantemente analisadas e não podem falhar, acabam se tornando mais comprometidas com o trabalho.

3) Inteligência emocional. Apesar do mundo ser digital e de processos terem sido automatizados, as habilidades emocionais ainda precisam ser aprendidas e são muito importantes no dia a dia das empresas. As mães são ótimas em: lidar com as próprias emoções e de terceiros, negociar, resolver conflitos, pois, ao passaram pela experiência da maternidade tiveram a chance de praticar suas habilidades socioemocionais.

Carreira bem-sucedida

4) Senso de justiça. Como estão preocupadas em ser modelos positivos para os filhos e em ensinar bons conceitos para conviver em sociedade, as mães valorizam comportamentos sociais corretos. Isso faz com que sejam colaboradoras mais leais com as empresas que as contrataram.

5) Criatividade. Quem convive com crianças, sabe que elas usam a imaginação toda hora. As mães estão mergulhadas em um ambiente mais criativo e dinâmico, que faz com que sejam capazes de “pensar fora da caixa”, levando a criatividade para o ambiente de trabalho.

6) Capacidade analítica. As mães têm grande capacidade de identificar os problemas e elencar o que é prioridade e o que não é. Como enxergam a realidade de forma mais analítica, suas opiniões profissionais tendem a ser racionais.

7) Empatia. Outra habilidade muito valiosa no mercado de trabalho é a capacidade de ouvir os outros. As mães são ótimas ouvintes tanto na hora de conversar com a equipe quanto no atendimento aos clientes.

8) Trabalho em grupo. Comunicativas, empáticas e organizadas, as mães sabem dividir tarefas, gerenciar pessoas e prazos. Tudo isso garante um bom desempenho no trabalho em grupo.

9) Coragem. A maternidade é um mergulho dentro de si e uma aventura diária. As mães estão acostumadas a sair da zona de conforto para encarar novos desafios. A maternidade faz com que elas tenham coragem para enfrentar e superar as dificuldades.

 

É necessário que o mercado de trabalho compreenda que a experiência das mulheres com filhos contribui para o sucesso das empresas. Profissionais com excelentes qualificações e que fizeram uma pausa na carreira para cuidar dos filhos ainda sentem dificuldades para se recolocar. Nós, da Avance-Authent, valorizamos as qualidades das mães e trabalhamos para estabelecer boas conexões entre elas e as empresas, prestando o mais eficiente serviço de recrutamento e seleção. Você que é mãe, conte conosco em sua caminhada profissional!

 

 

 

Post relacionados

13/04/2021 - Candidatos

O mercado cada vez mais competitivo passou a exigir dos profissionais que estão em busca de uma oportunidade uma série de atributos que não são aprendidos na faculdade, mas que são fundamentais para o crescimento na carreira e para o trabalho em equipe: habilidades como resiliência, empatia, colaboração e comunicação.

06/04/2021 - Recrutadores

Para aprimorar o crescimento de uma empresa e tomar decisões mais assertivas que sejam capazes de ajudar no bom desempenho dos colaboradores é fundamental fazer avaliação de desempenho.

30/03/2021 - Recrutadores

Grandes empresas já vivem uma realidade mais inclusiva porque por lei são obrigadas a preencher uma parcela das vagas com pessoas com deficiência. Mas é preciso enxergar o valor que a diversidade traz ao ambiente corporativo:

 

Av. da Liberdade, 1000 – 7º andar – Cjto 703
Liberdade – S. Paulo/SP - CEP 01502-001

+55 11 5906-7500

+55 11 3262-5562