BLOG

30/03/2021 - Recrutadores

A importância de um processo seletivo

Nós, brasileiros, ainda vivemos em uma sociedade profundamente desigual onde os preconceitos são manifestados em situações do nosso dia a dia e no ambiente de trabalho. Por isso, é tão importante praticar a inclusão social dentro das empresas por meio de ações que tenham como objetivo investir na pluralidade de talentos. E uma das melhores maneiras para demonstrar a importância da inclusão social é justamente fazer um processo de recrutamento e seleção inclusivo que possibilite a contratação de diferentes pessoas.

Grandes empresas já vivem uma realidade mais inclusiva porque por lei são obrigadas a preencher uma parcela das vagas com pessoas com deficiência. Mas é preciso enxergar o valor que a diversidade traz ao ambiente corporativo: uma equipe diversificada melhora o employer branding e a produtividade da empresa, fazendo com que ela conte com diferentes vivências e perspectivas, o que é um diferencial em um mercado tão competitivo.

Quanto mais diverso o ambiente corporativo, maior a capacidade de ler e entender a sociedade, antecipando demandas, identificando oportunidades e melhorando a comunicação com diferentes públicos. Os funcionários também se sentem mais confortáveis e representados, aumentando, assim, o engajamento e a sensação de pertencimento da equipe.

A inclusão social melhora a produtividade das equipes

 

INCLUSÃO SOCIAL: UMA QUESTÃO AMPLA

Podemos definir inclusão social como a oferta de oportunidades iguais de acesso a bens e serviços para todos. Quando pensamos no termo, é normal associarmos às pessoas negras ou aos grupos LGBTQI+. No entanto, o conceito de diversidade é maior, pois não estamos falando somente de raça e orientação sexual, mas também de deficiência (PCD), diferenças de classe social e educação, faixa etária, gênero, culturas, entre outros.

Ações que promovem a diversidade podem focar, por exemplo, que mulheres ocupem uma porcentagem dos cargos de liderança, que talentos de culturas distintas sejam selecionados para trazer um novo olhar para a empresa sobre processos e produtos, que profissionais de diferentes gerações trabalhem juntos e que programas de desenvolvimento personalizados sejam criados levando em conta que nem todos os colaboradores tiveram a mesma condição social para estudar.

Um processo seletivo inclusivo é, com certeza, um bom começo para empresas que estão preocupadas em aumentar a diversidade de suas equipes. Por isso, a Avance-Authent separou algumas dicas neste sentido: 

  • Fique atento à descrição das vagas que estão abertas

A forma como a empresa anuncia a vaga diz muito sobre sua política organizacional e sua cultura. É preciso repensar alguns termos utilizados nas descrições para tornar a abordagem mais inclusiva. Uma possibilidade é trabalhar o texto de um modo neutro, como: “Pessoa desenvolvedora de sites”. Outra possibilidade é colocar no anúncio que a empresa tem como compromisso um ambiente diverso e inclusivo e criar comitês de diversidade para ajudar neste sentido.

  • Reserve um percentual para a inclusão social

Nos momentos iniciais da seleção dos candidatos é interessante reservar um percentual mínimo para a inclusão social contribuindo assim para o avanço da cultura inclusiva na empresa.

  • Pergunte-se se a exigência de inglês fluente é realmente necessária

Segundo o British Council, apenas 5% da população brasileira domina a língua inglesa. Em um processo de recrutamento e seleção, ao exigir o idioma em nível avançado, 95% candidatos seriam excluídos.  Avalie, então, a real necessidade deste pré-requisito e, se possível, ofereça um curso de inglês como benefício ao longo da carreira do contratado.

  • Inclua candidatos de outras localidades

Para vagas de trabalho remoto é possível abrir processos seletivos em outros estados, o que possibilita que talentos que moram fora dos grandes centros sejam contratados. 

  • Durante a entrevista, priorize as capacidades profissionais do candidato

Muito cuidado na hora de entrevistar os candidatos. Infelizmente ainda vemos recrutadores questionando mulheres se elas pretendem ter filhos ou deficientes e candidatos com condições sociais desprivilegiadas sendo tratados como vítimas. Avalie o que é realmente necessário perguntar, focando nas capacidades do profissional, em suas experiências anteriores e em outros critérios relevantes na hora da contratação.

Para nós, da Avance-Authent, é importante que as empresas entendam que promovendo processos seletivos inclusivos também contribuem para diminuir a desigualdade social do nosso país.

Post relacionados

13/04/2021 - Candidatos

O mercado cada vez mais competitivo passou a exigir dos profissionais que estão em busca de uma oportunidade uma série de atributos que não são aprendidos na faculdade, mas que são fundamentais para o crescimento na carreira e para o trabalho em equipe: habilidades como resiliência, empatia, colaboração e comunicação.

06/04/2021 - Recrutadores

Para aprimorar o crescimento de uma empresa e tomar decisões mais assertivas que sejam capazes de ajudar no bom desempenho dos colaboradores é fundamental fazer avaliação de desempenho.

23/03/2021 - Recrutadores

Em um mercado cada vez mais competitivo, ter os melhores profissionais trabalhando na empresa é determinante para o seu bom desempenho. Nenhuma organização sobrevive...

 

Av. da Liberdade, 1000 – 7º andar – Cjto 703
Liberdade – S. Paulo/SP - CEP 01502-001

+55 11 5906-7500

+55 11 3262-5562