BLOG

19/01/2021 - Candidatos

A importância do mapeamento de cultura da empresa no processo de recrutamento e seleção

Ao levar em conta os aspectos da cultura organizacional durante o processo seletivo, o recrutador consegue alinhar as expectativas do candidato com as da empresa, contratando alguém que preencha o perfil ideal para o cargo em aberto. 

Para o recém contratado, passar por um processo de recrutamento e seleção onde a cultura da empresa já foi mapeada gera muitos benefícios, como: começar o trabalho já entendendo suas funções, sua rotina e como deve agir. Consequentemente, haverá redução de desentendimentos sobre responsabilidades e o novo colaborador se sentirá mais sintonizado e parte da equipe, tornando o ambiente de trabalho mais satisfatório e produtivo

Para a empresa contratante, desde o momento da contratação, o novo colaborador já estará a par da missão, visão e valores, assim como das normas e comportamentos adotados na rotina corporativa. Isso permite que seu trabalho seja direcionado para um maior engajamento e produtividade, desenvolvendo um relacionamento mais profundo com a organização.

 

Cultura organizacional

 

MAS, AFINAL, QUAIS SÃO MODELOS DE CULTURA ORGANIZACIONAL?

Há várias formas de categorizar a cultura organizacional de uma empresa, lembrando que não existe um modelo certo ou errado e, sim, aquele que se adequa melhor a um determinado perfil de candidato e que uma mesma empresa pode agregar várias culturas em seu DNA:

  1. Cultura do poder: estruturada como uma teia onde o poder fica no centro (nas mãos de uma pessoa). Geralmente, é o líder tradicional, carismático e patriarcal que gosta de inspirar os subordinados. As recompensas são acordo com o nível de interação com o líder.
  1. Cultura de papéis: defende a clareza quanto aos papéis de cada colaborador nos processos de produção. Adotada por empresas grandes para evitar erros e tornar o ambiente mais seguro e estável.
  1. Cultura de tarefas: mais flexível e focada nos resultados, está associada a ambientes criativos, onde o que importa são os resultados e não os meios utilizados para alcançá-los.
  1. Cultura de pessoas: prioriza os colaboradores e não as metas em si, valorizando a autonomia em detrimento da hierarquia. As recompensas estão relacionadas às entregas individuais.

Outra forma de categorizar a cultura organizacional é pelo “Organizational Culture Profile (OCP)”, método elaborado pelos americanos O’Reilly, Chatman e Caldwell: 

  1. Culturas inovadoras: estão presentes em empresas flexíveis e que se adaptam mais facilmente às mudanças. Nelas, a ideia de comando aparece minimizada. 
  2. Culturas agressivas: valorizam a competitividade e a superação da concorrência. 
  3. Culturas orientadas para resultados: focam em realizações e métricas de curto e longo prazo. A ênfase não são os concorrentes, mas alcançar melhores resultados a cada período.
  4. Culturas estáveis: fazem parte de ambientes corporativos previsíveis e metódicos, onde os profissionais são recompensados pelo cumprimento de normas e pela assiduidade.
  5. Culturas orientadas para as pessoas: valorizam o capital humano, os direitos individuais, o respeito e a dignidade. 
  6. Culturas orientadas para equipes: destacam o forte espírito de equipe, a cooperação entre todos e a sinergia necessária para a realização das tarefas.
  7. Culturas orientadas para detalhes: colocam a ênfase na particularidade e no pormenor, garantindo uma entrega minuciosa. 

PASSOS PARA MAPEAMENTO DA CULTURA ORGANIZACIONAL

Existem diferentes modelos para realizar este serviço, alguns possuem embasamento acadêmico, enquanto outros foram desenvolvidos por consultorias especializadas. No entanto, é importante ressaltar que todos eles colocam a necessidade de analisar espaços e momentos chave, entrevistando em profundidade diferentes colaboradores/times para que se possa identificar a essência da organização e suas subjetividades.

A Avance-Authent está sempre atenta à cultura organizacional das empresas para que, durante o processo de recrutamento e seleção, não sejam avaliados somente conhecimentos técnicos e experiências anteriores dos candidatos, mas também competências e habilidades que possam estar aderentes à cultura da empresa contratante. Assim, ajudamos a encontrar o melhor para a sua empresa a partir de um entendimento profundo das características das duas partes (empresa e candidatos).

 

 

Post relacionados

15/06/2021 - Recrutadores

Assim como todos os profissionais que entram no mercado de trabalho, as pessoas com Down se fortalecem e mudam suas posturas, sentindo-se mais independentes e capazes de realizar seus desejos quando começam a trabalhar.

08/06/2021 - Candidatos, Recrutadores

O home office – ou trabalho remoto – já era praticado por algumas empresas com parcimônia há alguns anos, tanto que passou a ter uma regulamentação própria após a Reforma Trabalhista, em 2017.

01/06/2021 - Candidatos, Recrutadores

Com a segunda onda da pandemia da Covid-19 e o alto número de mortes que ainda assombram o país – sem falar na possibilidade de uma terceira onda –, muitos colaboradores se sentem perdidos em relação à volta ao trabalho presencial.

 

Av. da Liberdade, 1000 – 7º andar – Cjto 703
Liberdade – S. Paulo/SP - CEP 01502-001

+55 11 5906-7500

+55 11 3262-5562