BLOG

23/03/2021 - Recrutadores

5 Dicas para reter os melhores talentos

Em um mercado cada vez mais competitivo, ter os melhores profissionais trabalhando na empresa é determinante para o seu bom desempenho. Nenhuma organização sobrevive sem pessoas e a contratação de um colaborador competente é apenas o primeiro passo de um contínuo processo de motivação e retenção deste talento. É preciso engajá-los com estratégias assertivas e que valorizem o capital humano.

 

Os talentos são pessoas que possuem visão, valores e propósitos comuns à empresa e são responsáveis por disseminá-los. São profissionais de alta performance ou com grande potencial de desenvolvimento e a presença deles na instituição é fundamental para o seu êxito.

Reter talentos exige estratégia e planejamento

Hoje em dia, a nova geração busca realização profissional e qualidade de vida, priorizando oportunidades que ofereçam maior autonomia na tomada de decisões, flexibilidade de horário, aprendizagem e visão de futuro. Por isso, a retenção de talentos é um conjunto de estratégias – políticas e práticas – que as empresas adotam para manter seus colaboradores engajados com o objetivo da empresa.

Ela reduz a alta rotatividade de profissionais, os custos com demissões e novas contratações, além de garantir a produtividade e o perfeito andamento dos processos dentro da empresa. A retenção de talentos também evita a perda de conhecimento e experiência do funcionário que está indo embora.

 

A Avance-Authent considera este um dos principais desafios do setor de RH atualmente. Manter bons funcionários exige planejamento estratégico. Confira as dicas que separamos para ações pontuais nesse sentido!

 

  1. Invista em boas lideranças. Problemas com chefes, gestores e líderes são uma das maiores causas para os pedidos de demissão no Brasil. De nada adianta ser bom tecnicamente, mas péssimo em lidar com os colaboradores. Uma liderança ruim desmotiva os colaboradores, enquanto as lideranças ideais criam relações interpessoais saudáveis. Um bom líder deve ser generoso, comemorar pequenas vitórias e facilitar o trabalho dos funcionários. É ele quem é responsável pela vida das pessoas dentro do ambiente corporativo e suas ações impactam diretamente no dia a dia da equipe.

 

  1. Crie um ambiente agradável. O ambiente de trabalho deve ser humano e acolhedor. Afinal, não é apenas o salário que protege a empresa de se deparar com um alto índice de turnover. Ações simples, como uma confraternização mensal, atividades recreativas, café da manhã para comemorar a conquista de metas, um bate-papo frequente com a equipe ou, ainda, um canal de comunicação interna que unifique o fluxo de informação, tornam a rotina mais agradável, proporcionando satisfação e aumentando a produtividade. Além disso, não se pode esquecer da importância de bons móveis, limpeza e estrutura de iluminação para que todos se sintam confortáveis no escritório.

 

  1. Dê importância aos feedbacks. Todo colaborador precisa saber em quais pontos deve melhorar para poder evoluir dentro da empresa. Seja assertivo na hora de avaliar e indicar melhorias. Mas, assim como é importante relatar as opiniões da instituição, faz-se necessário ouvir o que os funcionários têm a dizer em relação à organização. Investir na comunicação entre as equipes com liberdade, de forma clara, objetiva e possibilitando interação e diálogo faz com que o colaborador se sinta valorizado. O feedback é o ponto de partida para o desenvolvimento pessoal e profissional.

 

  1. Reconhecimento e plano de carreira. Não deixe de parabenizar seus funcionários em casos de sucesso e de execução de um trabalho bem feito. Isso se torna um estímulo para que ele siga na sua jornada. O reconhecimento pode ser por meio de cursos pagos pela empresa, bonificação salarial, presente ou até mesmo um simples agradecimento. 

    Um dos maiores desejos dos profissionais é construir uma carreira longa e de sucesso dentro de uma instituição. Por isso, criar um plano bem-estruturado é uma das formas de retenção de talento: ao vislumbrar aonde poderá chegar e o que precisa fazer para alcançar seus objetivos, o colaborador se sente parte da empresa e vai querer continuar nela.

 

  • Prezar pela qualidade de vida. Um profissional começa a buscar outras alternativas no mundo corporativo quando percebe não ter mais equilíbrio entre vida profissional e pessoal. O estresse do dia a dia que causa problemas físicos e/ou emocionais deve estar no radar da empresa para evitar que se torne um problema. Organizações que se preocupam e oferecem melhores condições de trabalho, além de reter seus talentos, se tornam lugares em que as pessoas preferem trabalhar.

 

Post relacionados

13/04/2021 - Candidatos

O mercado cada vez mais competitivo passou a exigir dos profissionais que estão em busca de uma oportunidade uma série de atributos que não são aprendidos na faculdade, mas que são fundamentais para o crescimento na carreira e para o trabalho em equipe: habilidades como resiliência, empatia, colaboração e comunicação.

06/04/2021 - Recrutadores

Para aprimorar o crescimento de uma empresa e tomar decisões mais assertivas que sejam capazes de ajudar no bom desempenho dos colaboradores é fundamental fazer avaliação de desempenho.

30/03/2021 - Recrutadores

Grandes empresas já vivem uma realidade mais inclusiva porque por lei são obrigadas a preencher uma parcela das vagas com pessoas com deficiência. Mas é preciso enxergar o valor que a diversidade traz ao ambiente corporativo:

 

Av. da Liberdade, 1000 – 7º andar – Cjto 703
Liberdade – S. Paulo/SP - CEP 01502-001

+55 11 5906-7500

+55 11 3262-5562